23 julho 2013

tropeçar no céu

não sei se te posso aqui

a noite hoje tarda em chegar.
olho o rio, como se ele não soubesse estar a ser olhado.

Sem comentários:

Enviar um comentário