24 setembro 2013

agora, sem ti



que faço eu
agora

com a palavra
amor,
agora

as nuvens
rasteiram o chão,
varrem tempestades,
aligeirando o céu

enleando horizontes.